NAVIO MILITAR NORTE-AMERICANO DA 2ª GUERRA MUNDIAL SE TRANSFORMOU EM FLORESTA FLUTUANTE

O navio SS Ayrfield foi um navio que transportava suprimentos para tropas norte-americanas durante a  2ª Guerra Mundial. Abandonado no final da guerra, o navio se transformou num manguezal flutuante e por isso foi apelidado de "Floating Forest" (floresta flutuante), o SS Ayrfield foi construído em 1911 e utilizado por anos na região do Pacífico.

Após o término da Guerra em 1945, a embarcação foi desmontada e o que sobrou ficou abandonado na baía de Homebush, em Sydney (Austrália). Com o tempo, o navio foi sendo tomado pela vegetação até se transformar numa verdadeira floresta.

A região é conhecida como um cemitério de navios da 2ª Guerra e possui outras embarcações abandonadas, como o SS "Mortlake Bank" que é bem semelhante ao "SS Ayrfield", mas é menos fotografada e visitada pelo difícil acesso.

Abaixo seguem algumas imagens do "navio floresta".







 Abaixo podemos ver o SS Ayrfield a todo vapor

É possível encontrarmos o SS Ayrfield  navegando no Google Earth
A imagem abaixo foi o mais próximo que consegui chegar do SS Ayrfield  pelo Google Earth. Clique na imagem para ser direcionado até ao local onde se encontra o SS Ayrfield 

Abaixo segue um Time-Lapse Video do SS Ayrfield:

 Patrocine o MP!!

RAÇÕES OPERACIONAIS - O QUE DIFERENTES EXÉRCITOS SERVEM AOS SOLDADOS QUANDO ESTÃO EM CAMPO

Não importa o país, os soldados em todo o mundo precisam comer e muita coisa mudou na alimentação dos soldados nas últimas décadas. A comida enlatada, usada desde as grandes guerras mundiais, deu espaço a novas tecnologias e maneiras de preparar a refeição do militar. Cada país cria rações para seus soldados com base nas preferências alimentares nacionais e que tipo de tecnologia está disponível para eles. O que há em comum entre essas refeições é que elas são embaladas para serem consumidas em qualquer lugar e de rápido e fácil preparo.

Abaixo veremos algumas rações que são servidas em diferentes exércitos:

REINO UNIDO

O pacote britânico contém marcas conhecidas do café, chá e uma mini garrafa de molho Tabasco. Os pratos principais incluem o favorito britânico, Chicken Tikka Masala (é um prato de pedaços de torradas ( tikka ) de frango com um molho picante. O molho é geralmente cremoso, temperada e de cor laranja), e um macarrão vegetariano. Há também carne de porco e feijão para o almoço, um monte de doces e lanches de trilha. Além de pacotes de Polos ( balas refrescantes com formatos de moedas e tem como característica marcante um buraco no meio)e, claro, muita saquinhos de chá.


ESTÔNIA

O pacote de ração da Estônia inclui Stuffed peppers (prato que consiste de pimentas recheadas com carne picada e arroz), Chicken-meat Pâté (uma pasta feita de frango desfiado), peixes salgados e defumados (Arenque) e salsicha de fígado com batatas. Além disso, torradas e doces de baunilha como sobremesa. Para o almoço tem  Muesli (pequeno-almoço com base em matérias- flocos de aveia e outros ingredientes, incluindo grãos, frescos ou frutas, sementes e nozes, misturado com leite, leite de soja, iogurte e / ou suco de frutas secas), um pouco de frutas e mel.


EUA

A ração americana inclui amêndoas, bolo de sementes de papoula e de frutas vermelhas, Cidra de maçã com especiarias (bebida não-alcoólica quente nos EUA) e manteiga de amendoim e biscoitos compõem este pacote de refeição muito americano. A principal - massas com vegetais tem molho de tomate picante. Para preparar as rações basta adicionar água na embalagem e cozer num "fogareiro" que na verdade não emite fogo mas sim faz aquece a ração por intermédio de uma reação química.


Abaixo segue um vídeo onde um brasileiro explica em detalhes a ração americana:



FRANÇA

A ração francesa é racionalizada porém bastante sofisticada. O pacote oferece aos soldados patê de veado,fejão seco e carne de pato, carne de porco ao estilo crioulo e um pudim de creme de chocolate. Há também um aquecedor descartável, um pouco de café e bebidas em pó, cereais para pequeno-almoço e doces de caramelo ao leite como sobremesa.
ITÁLIA

O pacote de ração italiano contém um pequeno recipiente de bebida 40% alcoólica, um cappuccino em pó, biscoitos, e um fogão de campismo descartável para aquecer a refeição. Inclui também um macarrão e sopa de feijão, enlatados de peru e uma salada de arroz. A sobremesa é salada de frutas em conserva ou uma barra de mousse de chocolate.


CANADÁ

O pacote de ração canadense inclui patas de urso e xarope de bordo. Tem a opção de filé de salmão com molho toscano ou cuscuz vegetariano para a refeição principal. Há também os ingredientes de um sanduíche de manteiga de amendoim e geleia de framboesa no café da manhã.
ESPANHA

O pacote de almoço espanhol tem latas de feijão verde com presunto, lula em óleo vegetal, e patê. Há também um sachê de sopa de legumes em pó, pêssego em calda para a sobremesa e biscoitos entregues para ir com a refeição no lugar de pão. Há um aquecedor descartável e comprimidos de vitamina C, glicose, purificação de água e para reidratação.
SINGAPURA

Na ração de Singapura contém macarrão de galinha,cogumelo, manjericão, arroz, frango e leite de soja, a sobremesa é feijão-vermelho. Além disso, cada soldado de Cingapura recebe um pacote de "acessório", como parte de um pacote de ração de 24 horas, que inclui bebidas em lata, barras energéticas, bebidas isotônicas em pó, alimentos enlatados, macarrão instantâneo, biscoitos, "doces", chá instantâneo e café, papel de tecido, e blocos de aquecimento para preparar a ração.
DINAMARCA

O pacote dinamarquês tem tecnologia americana (o aquecedor sem chama), mas gostos britânicos. Há chá Earl Grey (nome dado a qualquer tipo de chá aromatizado com óleo essencial de bergamota. O tipo mais frequente de Earl Grey é à base de chá preto), feijão e bacon no molho de tomate, um biscoito de aveia dourada e pastilhas doces.
 AUSTRÁLIA

O pacote de ração australiano tem mais guloseimas pequenas do que qualquer um dos outros. A maior parte é embalada pelos militares, a partir de uma porção que eles chamam de "Ame isto ou Odeia-o" e Vegemite (pasta escura feita de extrato de levedura de cerveja) para biscoitos, sanduíche e um tubo de leite condensado.Também há uma colher com abridor de latas, queijo cheddar, almôndegas e massas de atum apimentada. Há doces e refrigerantes e dois pacotes da não apetitosa "ração de chocolate"
ALEMANHA

O pacote de ração alemã contém várias saquetas de grapefruit (fruto parecido com a laranja) e suco em pó exótico para adicionar à água, biscoitos italianos, salsicha de fígado, pão de centeio, carne cozida temperada com verduras e batatas e para café da manhã cereja azeda e compota de damasco.
BRASIL

A ração operacional brasileira é uma composição de itens desidratados (refrescos, bebidas quentes), liofilizados (macarrão instantâneo, risotos), termoprocessados (comida esterilizada, cozida, pronta para consumo) e outros complementos industrializados, como doces e biscoitos. As Forças Armadas Brasileira têm optado, na atualidade, por rações operacionais de perfil tecnológico termoprocessado, alimento pronto para o consumo, cozido, esterilizado em embalagens flexíveis, chamadas em inglês de pouchs. Esse tipo de comida é preparada a uma temperatura em torno de 120°C. Quatro camadas da embalagem protegem o alimento de microorganismos, luz, calor e poeira. São quatro os tipos de ração de campanha. A de combate deve suprir as necessidades de um soldado por um período de 24 horas. É composta café, almoço, jantar e ceia. Já a de emergência destina-se para uma campanha de 12 horas, com duas refeições (café e almoço ou jantar e ceia). Já a ração de adestramento, para exercícios de instrução de até 6 horas, contém apenas uma refeição (almoço ou jantar). Também pode ser usada em situações de resgate ou calamidade pública. Todas as rações são acompanhas por um kit com acessórios para aquecimento – mini fogareiro, combustível e fósforo. A fim de garantir a variedade das Rações Operacionais, é previstos 10 (dez) cardápios para as rações R2, R3 e Ração de Adestramento, conforme segue:  Cardápio 1 (C1) – Carne seca com abóbora;  Cardápio 2 (C2) – Frango com legumes;  Cardápio 3 (C3) – Strogonoff de carne bovina;  Cardápio 4 (C4) - Strogonoff de frango;  Cardápio 5 (C5) – Feijoada;  Cardápio 6 (C6) – Picadinho de carne bovina ao molho;  Cardápio 7 (C7) – Almôndegas ao molho;  Cardápio 8 (C8) – Feijão branco com linguiça;  Cardápio 9 (C9) – Carne bovina ao molho goulash; e  Cardápio 10 (C10) – Cassoulet de frango.
*Saiba mais AQUI! ou AQUI!


Abaixo segue um vídeo onde mostra um pouco mais a ração brasileira:
 *Fonte: VIRALNOVA

 Patrocine o MP!!

JUIZ SUGERE QUE POLICIAIS TRANSPORTEM PRESOS EM "LOMBO DE BURRO" NA FALTA DE VIATURA

O juiz Celso Serafim Júnior foi obrigado a suspender uma audiência porque o acusado não compareceu ao Fórum de Mirinzal (418 km de São Luís), na última quarta-feira (9). Como está detido, ele precisava ser transportado pela polícia, que não tinha carro. No mesmo dia, diante de todos as pessoas que foram ao local e iriam participar da audiência, Serafim Júnior marcou uma nova audiência, para o dia 21 de maio, mas mandou um recado às polícias no município: "Saliento que na impossibilidade de haver viatura deverá a autoridade policial trazer o acusado em lombo de burro, carro de boi, charrete ou táxi".


A determinação do juiz ganhou destaque nas redes sociais e gerou discussão sobre a estrutura policial no Maranhão. O presidente da Associação de Magistrados do Maranhão, Gervásio Santos, postou a decisão no Facebook e disse que a falta de estrutura prejudica o trabalho do judiciário. 

Segundo Serafim Júnior, a decisão veio como uma crítica à estrutura precária da segurança pública na região e à desculpa oficial para não transportar o acusado.

"Quis dizer com essa decisão que a falta de viatura não é justificativa. O texto é para quem consegue ler além. Não é legitima a falta de um material tão importante, mas não quer dizer que quero que a polícia realmente me traga no lombo de um jumento", disse o juiz, em entrevista ao UOL.

Serafim Júnior disse que é obrigação de Estado a locomoção dos presos, e que havia a data foi previamente informada às autoridades.

"A delegacia está a menos de 2 km do Fórum. A audiência estava previamente agenda. É questão de gestão. Se não vai ter um carro, providencia outro, mas não deixa faltar uma viatura, não só para transportar o preso, mas para o policiamento normal", afirmou.

*Fonte: UOL


 Patrocine o MP!!

VEJA COMO ERAM OS RADARES DA 2ª GUERRA MUNDIAL

Nos dias de hoje a tecnologia não para de avançar e com isso os radares ficam cada vez mais eficazes, capitando até pensamento, mas a realidade dos radares civis e militares já foi bem diferente de hoje, abaixo seguem imagens dos radares utilizados na 2ª Guerra Mundial.









 Patrocine o MP!!